Gaiden Fimbul 2

Gaiden do Fimbul: A primeira missão

Parte 2:A escuridão e a esperança

.

Necromante: Devo dizer que isso foi impressionante!

.

Munin conhecia aquele homem de algum lugar, ele possuía uma armadura estranha,era negra e possuía um grande olho maligno no meio do peito, do seu olho esquerdo saia uma chama negra, seu cabelo era longo e negro, e sua pele era enrugada como se estivesse morto. De subido uma lembrança de antecessora sua surge na sua mente. Munin compartilhava as memórias de todas guerreiras de Corvo Esquerdo e uma delas já tinha visto aquela vestimenta e aquele olho estranho!

.

Munin: Você é Balor(8) o deus Celta da Escuridão!

.

Munin percebe então que Balor tinha convertido todas aquelas pessoas em Draugr, incluído seu hospedeiro, com seu poder da escuridão, todos os espíritos daquele local forma convertidos em espiritos malignos e davam força ao deus

O panteão nórdico e o celta estavam ligados, na verdade eles eram o mesmo grupo de deuses, alguns possuíam nomes diferentes nas duas mitologias, mas eram o mesmo ser. Outros eram somente conhecidos pelos seus nórdicos, ou pelos  celtas. Balor  era um deus celta cujo o nome nórdico foi esquecido

Balor dá um sorriso maligno ao perceber que lembram de seu nome

.

Balor: E você é uma guerreira de Odin, certo?O poder quente e luminoso de vocês faz o meu olho arder! Você eliminaram meus súditos, minha fonte de poder! Irão pagar por isso!

.

Munin aumenta seu cosmo e olha para Fimbul, o guerreiro de Nidhogg não estava em condições de lutar. E se ela não derrotasse Balor, ele estaria condenado a se tornar um Draugr. Cabia a ela impedir isso

.

Munin: Fimbul fique aqui eu vou cuidar dele!

.

Fimbul fica preocupado,com Munin ele sabe que ela não conseguiria derrotar um deus sozinha!

.

Fimbul: Não Hina! Você não vai conseguir

.

Munin: Não me chame assim!

.

Munin vira para Fimbul, seus olhos demonstram muita determinação

.

Munin: E ..confie mim!

.

Munin salta para atacar Balor, o deus da escuridão apenas sorri, achava essas tentativas pateticas do humanos, muito intrigantes.

.

Balor: Lutará sozinha contra mim? Muito bem vamos como se contra a minha.

DARKNESS NUDY(ESCURIDÃO DESPIDA)!

.

Balor invoca uma imensa onda de escuridão, ela se alastra por todo um ambiente como se fossem inúmeros tentáculos negros, Munin usa sua agilidade e consegue escapar da maioria, porém eles são cada vez mais numerosos, quanto mais ela se aproxima do inimigo! Logo ela não pode escapar e é envolvida pela escuridão!

.

Balor: Que ataque patético, logo ela será consumida pela escuridão!

.

Fimbul se desespera ao perder sua companheira de vista!

.

Fimbul: Munin! Não! Não desista por favor!

.

Dentro da escuridão Munin consegue ouvir a voz de Fimbul! Consegue sentir o cosmo dele no meio daquele vazio negro, ela não podia desistir! Tinha que salvar Fimbul, enquanto tivesse pelo que lutar, não podia  desistir!

.

Munin: Ainda não acabou! BURNING MEMORY(MEMÓRIA ARDENTE)

.

O cosmo de Munin da um salto gigantesco, todas as memórias de todas suas antecessoras lhe dão força para continuar! Seu corpo é envolvido por uma poderosa chama cósmica vermelha, usando essa nova força ela consegue escapar da escuridão de Balor! Então o ataca! É um ataque furioso e extremamente rápido! Tão rápido que mesmo Fimbul, não consegue acompanhar direito! Porém consegue perceber que Balor esta escapando de todos os ataques!

O deus da escuridão estranha o cosmo e a determinação da guerreira

.

(Balor): Essa determinação…eu já vi isso antes, foi na..

.

Uma lembrança de uma antiga reencarnação sua vem a mente do deus

.

(Balor): Foi na criança de Lugh! A menina que me desafiou na minha ultima reencarnação! Será que essa jovem tem alguma ligação com ela! Se assim eu tenho mais motivo para elimina-la!

.

Munin percebe que os seus ataques não estão surtindo efeito, por isso se afasta e concentra para outro golpe

.

Munin: FURIOUS FLAME WHIPS(CHICOTES DA CHAMA FURIOSA)

.

Todas as penas da asas de Munin, ficam envoltas por chamas, elas se agrupam em inúmeros chicotes que atacam Balor todos de uma vez!

.

Porém o deus da escuridão consegue escapar de todos os chicotes, e aproxima de Munin, agora que ela estava de guarda baixa. O deus consegue agarrar o pescoço da guerreira!

.

Balor: Seu cosmo e sua determinação me lembram muito, aquela que se colocou contra mim da ultima vez que eu reencarnei

.

Munin está realmente nervosa pois não sabe o que fazer! Todo eu cosmo parece ter ido embora com aquele toque gélido. Ela olha para Fimbul, ela queria dizer que sentia muito,por não ser forte o suficiente para salvá-lo, porém sua garganta parece estar paralisada! Ela mal consegue respirar! Balor percebe o sentimento da guerreira

.

Balor : Está preocupada por que não poderá salvá-lo! Você gosta dele não é?…

.

Balor sabia que a pergunta era retórica demais e que Munin não podia falar, por isso continua com um sorriso maligno no rosto!

.

Balor: Não se preocupe, vou garantir que vocês dois fiquem juntos para sempre!

.

Dizendo isso Balor trás Munin para perto de si e a beija forcadamente na boca! A escuridão do seu cosmo começa a contaminar o corpo da guerreira! Sem forças para continuar ela desmaia!

.

Fimbul se desespera! Sabia que tinha que fazer algo ou Munin, estaria perdida! Mas ele não consegue se mexer! Todo seu corpo esta dormente! E seu cosmo esta muito limitado! Ele precisa fazer alguma coisa! Mas como?! Ele não sabe!

Nesse momento uma voz surge em sua mente.

.

Voz: Fimbul!

.

O guerreiro a reconhece, trata-se do dragão que dava vida à sua Spirithrill!

.

Fimbul: Nidhogg!

.

A voz do dragão é envolvente, toda a fraqueza que o guerreiro estava sentindo, parece desaparecer

.

Nidhogg: Isso mesmo Fimbul! Estou aqui porque sei como salvar Hina! Você deve usar a técnica suprema dos Dragões da Yggdrasil

.

Fimbul sente um calafrio com essa fala

.

Fimbul: Esta falando da técnica proibida! A Aura do Dragão!

.

Nidhogg: Exatamente! Você precisa usa-la é o único jeito!

.

Fimbul sabia que era a única forma, mesmo sendo uma técnica proibida e muito arriscada, Essa técnica fundia o espírito de Nidhogg com o seu, lhe dando o mesmo poder de um dragão lendário,  era uma técnica que perigosa porque o guerreiro poderia se perder dentro da alma da fera e assim se tornar um monstro poderosíssimo e incontrolável! Mas essa técnica aproximaria o poder de Fimbul ao de um deus então era a única chance que tinha! Mas não sabia se estava pronto para usa-la!

Nidhogg consegue ler o pensamento do guerreiro, por o responde antes mesmo que ele pergunte

.

Nidhogg: Você está pronto! Só precisa confiar em mim!

.

Fimbul entende que não tem alternativa

.

Fimbul : Tudo bem!

.

Nidhogg e Fimbul pronunciam a técnica proibida ao mesmo tempo!

.

Nidhogg/ Fimbul: DRAGON AURA(AURA DO DRAGÀO)

.

Um universo surge, no centro dele existe um ovo de energia  ao algo ele se quebra de uma vez só! Um dragão laranja  surge de dentro,envolvido por suas grandes asas. A fera parece estar adormecida, porém parece ouvir algo e então abre seu olho vermelho, este está cheio de raiva! Ela abre as asas e mostra seu majestoso corpo e sua bela cabeça adornada por dois chifres. O dragão dá um rugido e todo o universo parece responder! Os planetas, as estrelas, as galáxias… Tudo adquire a mesma cor que o dragão! Este então solta um pulso de energia e tudo se torna laranja. A visão se afasta e então é possível ver que tudo aquilo ocorreu dentro do olho de Fimbul, que agora emite um brilho laranja. Sua aura cósmica adquiriu a forma do dragão com chifres que estava no centro de seu universo!

.

Balor sente o novo poder de Fimbul e interrompe o beijo. Munin parece estar prestes a ser tomada completamente pela escuridão. Porém são sentir o cosmo de Fimbul ela abre os olhos, um deles está negro, porém o outro vermelho como sempre foi! Esse olho parece expressar um pouco de esperança!

.

Balor: O que é …

.

Balor não tem tempo de determina a frase pois nesse momento uma lamina gigantesca feita de chamas surge do nada e corta o braço que ele estava segurando Munin, a guerreira cai no chão e volta a ficar inconsciente

.

Pode-se ver então que a lamina de chamas e energia se originou a espada de Fimbul, que agora parece aumentado dez vezes o seu comprimento se tonando uma espada em chama gigante!

O guerreiro então voa, para cima até passar as nuvens, algum segundo depois, um dragão laranja  gigantesco feito de energia e fogo desce do céu e vai na direção de Balor

Apesar da grandeza do golpe o deus não se preocupa em se esquivar. O dragão bate em seu corpo e uma grande explosão de fogo se propaga aumentando ainda mais clareira estéril! Munin é jogada para longe por causa da explosão, mas por algum motivo quando ela cai é possível no chão a golpe colossal não a feriu! Toda a energia destrutiva foi concentrada em Balor!

.

Quando a fumaça que restou da explosão começa a se dissipar, é possível ver Fimbul e Balor. O guerreiro estava flutuando no ar, ele ainda estava envolvido pela aura em formato de dragão! Sua espada estava posicionada para cortar o deus da escuridão ao meio verticalmente! Porém este, com a mão que lhe restara, a esquerda, segurava a lâmina da espada impedido sua trajetória!

.

Balor: Esse é o poder de um dragão?…hum está usando a técnica proibida!Conseguiu usa-la para se curar da minha escuridão! Mas ela não suficiente para vencer um deus!

.

Fimbul não parece estar raciocinando direito, seus olhos estão cheios de raiva e emitem muito calor! O sorriso maligno de Balor só lhe deixa mais irritado!

.

Fimbul: Cala a boca!

.

Dizendo isso guerreiro força mais ainda sua lâmina e dessa vez consegue avançar,  sua espada corta o braço de Balor ao meio  e depois atinge o ombro do deus, e continua a avançar pelo corpo do deus dividindo-o em sua metades assimétricas! O guerreiro passa pelo deus e depois se vira para ele, ainda segurando a espada!

.

Balor continua sorrindo e de alguma forma ainda consegue ficar de pé e falar, uma cabeça ainda estava intacta.

.

Balor: Não entendeu que não pode me vencer! Eu sou um deus e este é um corpo semimorto! Eu posso reconstituí-lo como eu quiser!

.

Dizendo isso o deus da escuridão junta suas duas metades e reconstitui o braço que foi decepado! Depois usa sua técnica

.

Balor: DARKNESS NUDY(ESCURIDÃO DESPIDA)!

.

A escuridão começa a se propagar a partir do corpo do deus. Então Fimbul se afasta! Sem dizer uma palavra o guerreiro bate suas asas cósmicas de dragão e dissipa toda a escuridão com seu poder!

Ë nesse momento que Balor Percebe como está fraco, não entende porque mas parece que os espíritos o abandonaram, seu poder não prece estar completo! Alguém estava interferindo!

.

Fimbul: Não importa quem o que você seja!

.

Fimbul aumenta seu cosmo o dragão energético que o envolve fica ainda maior. Ele precisava fazer isso! Precisava se arriscar! Afinal todas aquelas almas estavam dependendo dele! Hina estava dependendo dele! Ele não poderia falhar!

.

Fimbul: Eu vou destruí-lo, pelo que fez com todos aqueles seres!

.

Fimbul retrai a espada e a aponta para Balor

.

Fimbul: Pelo que fez comigo!

.

A cabeça do dragão de energia se posiciona na frente da ponta da espada

.

Fimbul: E pelo que fez com HINA!

.

Fimbul projeta a espada para frente nesse momento o dragão abre a boca e lança um gigantesco raio de chamas! O golpe é tão poderoso que não há como Balor escapar!

.

Balor: Hum…Não importa, mesmo que incinere meu corpo, não poderá derrotar um deus assim!

.

Porém nesse momento a energia de Fimbul começa a mudar, a lâmina da sua espada começa a mudar cor, emitindo um brilho safira! Atrás do guerreiro surge a imagem de um ser, sua forma é humana, mais é possível ver que superior a qualquer mortal! Ele possui um face intimadora, uma barba branca e somente um olho azul! Onde deveria esta o outro existe um tapa-olho prateado! O ser também veste um capacete adornado com sua asas negras de corvo!

O raio que o dragão esta soltando também muda de cor se  tornado um raio safira e muito mais iluminado! Balor reconhece esta energia!

.

Balor : Esse poder! Essa luz! Parece a Lança do deus Lugh(9)! Brionac!….Não! Essa é a Gungnir de Odin!

.

O ataque de Fimbul destrói Balor completamente!

Ainda é possível ouvir um grito de terror vindo do deus, antes de sua cabeça sumir!

Apenas uma fumaça negra sobra no local onde estava seu corpo!

Fimbul desativa seu poder da Aura do Dragão, então corre até Munin. Ao chegar até a guerreira a abraça e tenta acorda-la!

.

Fimbul : Por favor Hina você precisa acordar!

.

Nesse momento Munin abre os olhos e dá um tapa na cara de Fimbul

.

Munin: Fimbul! Eu já disse para não me chamar assim!

.

Nesse momento Fimbul se afasta seu rosto por reflexo, então Munin o abraça fortemente e coloca seu rosto contra seu peito. Era tão bom sentir aquele calor!

.

Munin: Mas…. Estou muito feliz que esteja bem! Obrigado!

.

Fimbul não sabe o que dizer apenas a abraça também,um abraçado aperdado e cheio de sentimento!

.

Os dois se levantam e contemplam por um momento todo o cenário de destruição que eles causaram, apesar de tudo, o sol começa a aparecer entre as nuvens. A luz de um novo dia dá esperança aos guerreiros. Eles sabiam que apesar de tudo, agora a escuridão tinha deixado essa terra e agora os espíritos daqueles que infelizmente morreram poderiam descansar. Munin olha para Fimbul e sorri

.

Munin: Então como se sente depois de completar sua primeira missão?

.

Fimbul sorri também e dá um suspiro

.

Fimbul: Cansado, tenho que admitir!

.

Munin coloca mão no ombro do guerreiro. Seus olhos expressam ternura e amor

.

Munin: Não se preocupe com o tempo você se acostuma! Ainda teremos muitos dias como esse! Mas tenho certeza vamos conseguir se ficarmos juntos!

.

Fimbul balança a cabeça positivamente, ele sabia que ela estava dizendo a verdade podia sentir!

.

Fimbul: Tenho certeza que sim, mas agora vamos temos mais um dia pela frente!

.

Os dois guerreiros voam em direção ao céu, sabiam que esse era apenas o inicio de uma nova vida de uma nova aventura!

.

Fim do Gaiden

.

Epilogo

 

Um ser se aproxima do que sobrou do corpo de Balor, ele veste um manto negro sua face esta oculta pelas sombras

.

Ser: Então meu velho amigo? Não conseguiu completar seu objetivo e ainda foi derrotado por dois guerreiros deuses novatos… Eu diria que foi patético, mas eu já previa que seria assim!…Hum..Não se preocupe eu vou terminar o que você começou e cobrirei este mundo, de escuridão, caos! E discórdia!

.

Tudo se torna negro!

.

Fim

.

Explicações:

8.Balor: Deus celta da escuridão, morte e do mal, seu poder vinha de um olho maligno, que podia causar tempestades e transformar oceano num mar de chamas incandescente

.

9.Lugh: Deus da luz e inimigo de Balor, era também o neto do deus da escuridão, possuía também uma poderosa lança chamada Brionac

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s