Fudou de Virgem

SSOGoldFudou
Fudou de Virgem

O Sétimo post da Séries Saint Seiya será sobre o Guardião Imóvel, Fudou, o cavaleiro de Virgem do Saint Seiya Omega.

  • História

Fudou alega ser a reencarnação de Fudou-Myo, um dos cinco reis da sabedoria, na doutrina budista. Aparece pela primeira vez quando Souma de Lionet, e Haruto de Lobo chegam a Casa de Virgem. Ele os impede de passar, e os derrota com relativa facilidade, e sem usar a sua armadura. Mesmo após a chegada de Kouga de Pégaso, Yuna de Águia, e Ryuho de Dragão, a situação não muda, e ele os derrota. Porém, ao ver a determinação dos cavaleiros de bronze, ele resolve luta a sério, e utiliza a sua armadura de Virgem. ssomega38 040
Logo em seguida, Fudou aparece em sua forma iluminada, uma de suas encarnações. Eden então decide lutar sozinho contra Fudou e impulsiona Kouga e seus companheiros para fora do templo. Depois de travar uma batalha com Eden em que inicialmente está com grande vantagem, Fudou é lançado para os ares após receber o ataque Devastação de Órion, mas consegue amortecer sua queda. Logo em seguida, deixa Eden passar adiante, preferindo observar quem criará o mundo correto. É importante ressaltar, que o Cavaleiro de Virgem não foi derrotado, mas somente atingido pelo golpe de Eden.

  • Performance

Como Cavaleiro de Ouro, Fudou move-se na velocidade da luz e domina completamente o Sétimo Sentido, além de possuir maestria na manipulação do Cosmo e dos elementos do FudouFogo e da Luz. É, sem dúvidas, o mais poderoso dos cavaleiros de ouro da geração atual, visto que conseguiu derrotar facilmente todos os cavaleiros de bronze sem nem sequer usar sua armadura. Aliado às habilidades que adquiriu como Cavaleiro, ele é habilidoso com as armas de Fudo-Myo, sua encarnação anterior: uma espada e uma corda que carrega consigo em suas batalhas. Fudou é reconhecido como um dos mais fortes Cavaleiros de Ouro por Kiki de Áries, e segundo Eden de Órion, teria a posse do maior Cosmo dentre eles. Fudou detém o controle sobre dois elementos, habilidade rara, pertencente também a Schiller de Câncer e Amor de Peixes.

– Golpes

Explosão de Fogo do Inferno (Naumaku Sanmanda Bazaradan Kan)

Este ataque básico de Fudou possui duas maneiras de ser lançado:

Na primeira variação, Fudou aquece seu cosmo e o canaliza na ponta de sua espada de pedra de Fudou-Myo. Em seguida, ele libera a energia na forma de uma rajada de cosmo que é direcionada ao chão. Quando a energia entra no chão, abaixo do adversário, o chão se abre, e uma explosão de cosmo é liberada na forma de um gigantesco pilar de fogo, que torra o oponente. Na segunda variação, após usar o golpe “Condenação aos Mundanos”, aproveitando-se que os adversários estão impossibilitados de reagir, Fudou eleva seu cosmo e manipula o elemento do Fogo, para criar uma onda de magma, que atinge o adversário e destrói seu corpo por causa da alta temperatura.

Condenação aos Mundanos (Shougyou Danzai)

Fudou se utiliza de sua outra arma de Fudou-Myo, um chicote, para realizar este outro ataque. O Cavaleiro de Virgem lança esse chicote e o usa como uma corda, que se enrola no adversário e o prende, apertando-o cada vez mais, e queimando seu coração e seu corpo. Se o oponente tentar se soltar, a corda pode se prender ao chão impossibilitando a fuga, ou pode dominar o adversário até desequilibrá-lo e derrubá-lo no chão. As cordas têm a propriedade de só destruir o inimigo, se ele tiver um coração maligno, e também não podem ser defendidas, sendo quebradas somente se o oponente for puro de coração.

Vida e Morte no Nirvana (Shouji Soukumei Han)

Esta técnica pode ser utilizada como uma segunda fase do “Condenação aos Mundanos”. Enquanto mantêm seus adversários presos com suas cordas, Fudou ergue sua espada para o alto e a enche com seu cosmo de Fogo, enquanto surge atrás dele uma ilusão representando uma gigantesca imagem de Fudou-Myo. Em seguida, com uma velocidade absurda, ele retalha e fatia o alvo com a lâmina da espada.

Vinda dos Myos (Myo Rairin)

Utilizando-se de toda a sua fúria (que inclusive deforma seu rosto), Fudou une suas mãos em forma de oração, e invoca os espíritos dos Cinco Grandes Reis da Luz e da Sabedoria, da mitologia budista, para julgar seus adversários, criando uma poderosa parede de cosmo por trás dele, onde aparece a ilusão dos espíritos. Quando Fudou utiliza o mantra “Kahn”, os Cinco Reis liberam de seus olhos uma série de feixes vermelhos de luz, que se juntam e geram uma enorme explosão de energia cósmica que queima o adversário e o eleva com força para cima, prendendo-o em um círculo flamejante de cosmo, como uma forma de crucificação. Em seguida, sob o comando de Fudou, os Cinco Reis disparam de seus olhos, várias lanças de energia coloridas que perfuram diretamente o coração do oponente, que em seguida é arremessado violentamente ao chão. A natureza ofensiva do golpe varia de acordo com a maldade no coração do inimigo.

Levantar do Meio-Dia (Godai Shougou)

Após arrastar o adversário para a “Sala do Julgamento”, Fudou o interroga, para avaliar a pureza de sua alma. Se o coração do inimigo for julgado maligno, Fudou o prende em um círculo vermelho de energia, invoca a espada dourada de Fudou-Myo e a ergue em direção ao céu. Em seguida, a espada libera um pilar de energia que se levanta ao céu. Em seguida, a força do pilar se transforma em um raio que avança velozmente, caindo com toda a força sobre o inimigo, que é fulminado pelo golpe.

 

 


Créditos: Yoshihiko Umakoshi, Marco Albiero.

Bom, esse foi o post de hoje, espero que gostem, e o da semana que vem será sobre o mítico Manigold de Câncer!!

ADM: – Ivaldo Fernandes

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s